Historial

06/11/2016

shape_image_2

O grupo folclórico iniciou os seus primeiros ensaios quando a União Centro Cooperativo mudou de residência passando do bairro da “Gare – Luxemburgo para Eich – Luxemburgo. Como a força de vontade em levar este novo grupo para a frente era tão grande, nós conseguimos ultrapassar todas a dificuldades que levaram á criação de um novo grupo « Rancho Folclórico Associativo e Recreativo da União ».

1986

Ano da fundação, onde este grupo se estreou pela primeira vez em público em Março, no Festival da Imigração em Kirchberg (Bairro da cidade do Luxemburgo).

1987

Participou pela primeira vez num Festival de Folclore em Iserlohn (Alemanha) ficando em 4º lugar entre 11 grupos.

1988

Diversas atuações, tanto no Luxemburgo como nos países limítrofes.

1989

Atuou em Portugal, em Ribas, Figueira da Foz. Participou num Festival de Folclore português em Amesterdão (Holanda) onde  conseguiu um 7° lugar entre 12 grupos. Neste ano, o « R.F.A.R.U. » foi convidado para representar os trabalhadores imigrantes no Grão Ducado do Luxemburgo numa reportagem intitulada « Primavera no Luxemburgo ». Este programa foi transmitido no dia de Páscoa de 1990 no1º canal da televisão Alemã (ARD).

1990

O grupo folclórico mudou de ensaiador, Sr. João André, homem que levou o grupo às modificações que ainda se notam em dia, incluindo os novos trajes, novas danças, novo estandarte, etc…
A partir deste ano, o « Rancho Folclórico Associativo e Recreativo da União » passou a chamar-se Grupo Folclórico« Campinos da União ».

1991

Várias atuações, sendo a que mais marcou este ano, foi a participação no Festival Internacional da música em Wiltz (Cidade do Grão Ducado do Luxemburgo). Festival que traz a Wiltz muitos nomes da música Internacional.

1992

Ano grande e de recompensa do trabalho e da paciência de todos nós, direção da União, componentes do grupo, pais, sócios, etc…
Finalmente o Grupo ganhou os dois Festivais em que participava. Em Setembro de 1992, 1º prémio no Festival de Folclore português de Kaiserslautern (Alemanha), e logo no mês seguinte, Outubro de 1992, 1º prémio no segundo Festival de Folclore, organizado pelo Rancho Mocidade Portuguesa, em Walferdange (Cidade Luxemburgo).

1993

Participou em várias atuações, a destacar o 1° lugar num festival em Rheine (Alemanha). Também participou para as mulheres socialistas da Alemanha em Bitburg, onde foi muito bem recebido. Momentos fortes de 1993 foi a digressão deste nosso grupo ao nosso pais natal. Tivemos no dia 14 de Agosto em Avis (Alto Alentejo) e no dia seguinte em Coruche e em Samora Correia (Ribatejo). Foram estas as nossas primeiras atuações pela bela província do Ribatejo, região que tentamos representar pela Europa fora.
Ainda fomos filmados pela televisão Suíça, num programa que mostrou a vida dos portugueses no Luxemburgo, sobretudo os nossos jovens, em dúplex com a vida dos jovens em Portugal. Programa que pode ser visto aqui no Luxemburgo através do canal SAT3, onde pudemos ver a cidade da Figueira da Foz e sua região, nomeadamente a freguesia de Alqueidão.

1995

Este Grupo Folclórico participou em várias sessões de « Multivisão » a convite do Clube Multivisão do Luxemburgo (Tema Portugal e seus encantos), sabiamente dirigido pelo nosso amigo Jean-Michel Theisen (Professor).

2002

Várias atuações, sendo a que mais marcou este ano, onde dançamos pela primeira vez em Andorra. O grupo aproveitou esta saída de intercâmbio para fazermos uma excursão passando pelo Principado do Mónaco, Nice (França), Cannes (França) e o Principado de Andorra.

2003

Alem duma agenda bem recheada com atuações no Luxemburgo e países limítrofes, a destacar o nosso festival anual de folclore que contou com a presença entre outros, o Grupo Folclórico do Carvalhais de Lavos, Figueira da Foz, Portugal. O nosso grupo deslocou-se ao conselho da Figueira da Foz e ao conselho de Mortágua para representar o folclore português no Luxemburgo.

2004

O nosso festival anual de folclore que contou com a presença  dos G.F. « Ateneu Alhadense » (Alhadas – Por.) e G.F. « Rosas de Maio » (Santana – Por.).

2005

O grupo folclórico contou com a presença do G.F. do Sobral de Soure – Portugal pelo seu 19° aniversário. Este grupo atuou nas Alhadas e em Buarcos – Figueira da Foz.

Por este grupo já passaram vários ensaiadores entre eles:

O Sr. Gil Fiel, primeiro ensaiador deste grupo, o Sr. Augusto Paulo, o nosso amigo Sr. João André (homem que adorava o folclore Ribatejano) e outros mais.

Atualmente este grupo é dirigido pela jovem Cristina Duarte.


Les commentaires sont fermés.